Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Minérios de sangue

por Mäyjo, em 03.03.16

metro6.3.jpg

in Metro 06/03/2015

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:44

COMO AS PLANTAS DOENTES PODEM AJUDAR A LOCALIZAR MINAS TERRESTRES ESCONDIDAS

por Mäyjo, em 08.11.15

Como as plantas doentes podem ajudar a localizar minas terrestres escondidas

Uma equipa de investigadores da Virginia Commonwealth University, em Richmond, descobriu recentemente uma maneira de poupar milhares de vidas humanas que são ceifadas todos os anos pelas minas terrestres.

Segundo um estudo conduzido por esta equipa de cientistas, as minas terrestres não só explodem através do contacto como também libertam toxinas venenosas para o solo, afectando a vida vegetal nas imediações da sua localização.

O estudo foi feito num campo de minas experimental na Carolina do Sul e revelou que as toxinas libertadas pelos explosivos tinham um impacto notório na vida das plantas, afectando a sua saúde. A investigação revelou ainda que diferentes plantas eram afectadas de forma diferente por estes explosivos, nomeadamente o TNT e RDX.

À medida que os investigadores vão percebendo melhor os efeitos dos diferentes tipos de explosivos sobre os diferentes tipos de plantas esperam poder criar um Índice Específico de Explosivos. Este índice poderá ser utilizado para analisar o aspecto e saúde de uma área com vegetação densa onde as minas podem estar escondidas do olho humano. No futuro, os investigadores esperam desenvolver métodos para detectar a deterioração da saúde das plantas através de sensores em aviões ou até mesmo a partir de telemóveis, refere o Inhabitat.

Embora o número de vítimas provocadas pelas minas tenha vindo a diminuir ao longo dos anos, os explosivos deixados pelas várias guerras que ocorreram no planeta no último século continuam a matar milhares de pessoas todos os anos, principalmente crianças.

Foto: DFID – UK Department for International Development / Creative Commons

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:42

OS HOMENS QUE RECOLHEM OS MINERAIS RAROS QUE FAZEM FUNCIONAR OS NOSSOS IPHONE

por Mäyjo, em 31.10.15

congo_a

De onde vêm os iPhone?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:29

Iraq Explained -- ISIS, Syria and War

por Mäyjo, em 07.10.15

A guerra da Síria: uma breve explicação

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35

AS RATAZANAS HERÓICAS QUE ESTÃO A SALVAR VIDAS EM ÁFRICA

por Mäyjo, em 22.08.15

foto_1Ratazanas treinadas para detectar minas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:06

AS PESSOAS QUE VIVEM COM MENOS DE 70 CÊNTIMOS POR DIA

por Mäyjo, em 25.02.15

Cerca de 1,2 mil milhões de pessoas vivem na pobreza extrema, com menos de 70 cêntimos por dia. Para chamar a atenção para estas pessoas, Renee C. Byer, vencedora do Prémio Pulitzer para fotografia em 2007, viajou pelos quatro continentes para fotografar algumas das mais pobres pessoas do mundo.

O resultado desta pesquisa é o livro Living on a Dollar a Day, um livro que pretende “agir para erradicar com a pobreza extrema no mundo”, explicou Byer. Segundo a fotógrafa, o livro foi influenciado pela visão de Tom Nazario, fundador da The Forgotten International e director-executivo do Center for Community Legal Education da Universidade de São Francisco.

Byer viajou até países como o Gana, Libéria e outras áreas de extrema pobreza, e conta agora algumas das histórias dos seus habitantes. Veja algumas das fotos do livro, que conta com uma introdução do Dalai Lama.

 

A pobreza extrema do mundo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:29

Colonização

por Mäyjo, em 23.02.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:42

3 mitos que bloqueiam o progresso dos pobres

por Mäyjo, em 24.01.14

3 mitos que bloqueiam o progresso dos pobres from Mayjö .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:51

5 Dias, 5 Factos - ONU

por Mäyjo, em 23.01.14

Ao longo de cinco dias, a Fundação das Nações Unidas, compartilhou vários factos por dia sobre as conquistas que conseguiram em relação aos desafios globais mais difíceis.

O que a ONU e os seus parceiros estão a fazer em relação a esse tema e por que as questões que os preocupam são tão importantes.

O principal argumento: O progresso é possível se agirmos!

 

Veja os factos... e espalhe a palavra e envolva-se!

 

 

 

FACTO 1: A pobreza extrema foi reduzida pela metade desde 1990. 

 

 

 

FACTO 2: No período 1990-1992, 1 milhar de milhão (1 bilião) de pessoas estavam desnutridos. Esse número caiu para 842 milhões em 2011-2013.

 

 

 

 

FACTO 3: A partir de 2000-2011, a taxa de matrícula no ensino primário em regiões em desenvolvimento aumentou de 83% -90%.

 

 

 

 

FACTO 4: O úmero de crianças que morrem antes do seu quinto aniversário caiu quase 50% desde 1990.

 

 

 

FACTO 5: A partir de 1990-2011, mais de 2,1 biliões de pessoas conseguiram o acesso a fontes melhoradas de água potável.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

O apelo de uma jovem de 12 anos (ECO 92)

por Mäyjo, em 22.01.14
Em 1992, Severn Suzuki, uma jovem de apenas 12 anos, representante da ECO - Environmental Children's Organization - silenciou o mundo com apenas seis minutos de discurso às Nações Unidas.
Apesar de 20 anos passados, o pelo desta jovem continua atual e ainda merece ser visto nos tempos nos dias de hoje.

 

 

Severn Cullis Suzuki tinha 9 anos quando fundou a Organização das Crianças em Defesa do Meio Ambiente (ECO). Porém, foi somente aos 12 anos de idade que ficou conhecida mundialmente ao proferir o discurso do vídeo na ECO 92 - Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, que ocorreu no Rio de Janeiro (Brasil, 1992).


Hoje Severn Suzuki é ativista ambiental, dá palestras internacionais, é apresentadora de TV, autora e membro ativo do painel sobre Meio Ambiente das Nações Unidas. 

Apesar de não terem ocorrido mudanças significativas após o seu apelo, o discurso ainda permanece atual e deve ser relembrado e sempre utilizado para a reflexão a respeito do mundo em que vivemos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55


Este blog disponibiliza informação com utilidade para quem se interessa por Geografia. Pode também ajudar alunos que por vezes andam por aí desesperados em vésperas de teste, e não só, sem saber o que fazer...

Mais sobre mim

foto do autor


Siga-nos no Facebook

Geografando no Facebook

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D